Medo: Ataque ou seja atacado!

Pense nos seus maiores medos e em todo o mal que já causaram a você. Angústia, vontade de correr para longe e quanto mais você se afasta mais esse sentimento cresce e toma conta de seu corpo, não é mesmo?

Cada pessoa possui um medo e independente das causas, todos eles têm uma mesma função: a sua sobrevivência.

Imagine-se caminhando em uma floresta fechada, e quando você menos espera, encontra um grande tigre na sua frente. Qual é a sua principal reação? Correr sem parar? Petrificar sem saber o que fazer? É nesse momento de choque que o seu corpo vai agir no impulso e conforme a intensidade da situação e o seu medo, as reações aumentarão.

A adrenalina é jogada no seu sangue, o coração dispara e o seu corpo se prepara para agir: é correr ou atacar. Essa reação é tão rápida que você não consegue nem mesmo pensar antes de tudo acontecer.

Isso ocorre, pois, quando o ser humano vivia em cavernas, precisava estar sempre pronto para caçar, ou caso contrário, ele mesmo seria a caça. As situações de medo e as reações rápidas do corpo serviam como proteção.

Atualmente, pupilas dilatadas, suor, tensão, respiração profunda e rápida, acontecem em momentos que não oferecem perigos aparentes, como entrevistas, falar em público, mudar de carreira e muitas outras. Situações assim, representam ameaças, principalmente por envolverem cenários desconhecidos. É nesse tipo de medo que você deve prestar atenção, pois mesmo sendo imaginário, pode ter consequências sérias no dia a dia. 

Sentir medo nunca é uma bobagem. Para a pessoa que o sente, ele é forte e não existe medo maior que o outro. Resta admitir que você também é humano e pode senti-lo.

Portanto, se você quer mesmo entender e superar os seus medos, existem 7 passos que vão lhe ajudar a caminhar com confiança!

  1. Identifique quais são os seus medos;
  2. Pergunte-se: o que esse medo me impede de conquistar?
  3. Enfrente-o! A melhor forma de perder o medo é enfrentá-lo. Quanto mais nos afastamos daquela situação que nos faz sentir medo, maior ele fica;
  4. Para enfrentar, tire o foco: pense em contar algo ou resolver um problema matemático;
  5. Investigue com outra pessoa que venceu este mesmo medo e entenda como ela fez;
  6. Toda vez que conseguir enfrentar o seu medo, comemore!
  7. Se não estiver conseguindo, procure ajuda! Existem vários profissionais que podem ajudar você a vencer esse desafio.

Ter coragem não é não sentir medo, mas sim avançar apesar de sentir. Então, quando tiver medo, faça como os grandes vencedores: Finja que tem coragem e vai com medo mesmo!

Aline-Dotta---Assinatura

COMPARTILHE:
você tambêm poderá gostar de:
depoimentos-bg
Bianco Santana
30 julho 2019

Valeu a pena porque eu estava em um ponto que não conseguia ir...

depoimentos-bg
Denise Pinto
30 julho 2019

Recomendo o trabalho da Aline porque mantém-se atualizada,...

depoimentos-bg
Carlos Vaccaro
30 julho 2019

Em 2009 passava por momentos muito difíceis, tanto particulares como...

faça um comentário
voltar