Fui promovido a líder da minha equipe. E agora?

Hoje quero te convidar a pensar comigo em uma situação bem específica, mas que pode acontecer com qualquer pessoa dedicada ao que faz!

Você trabalha há um bom tempo em uma empresa e construiu uma relação muito próxima com os seus colegas de equipe. Conforme os dias passam, você se aproxima das pessoas, e os laços se estreitam ainda mais. Além de trabalharem juntos, tomam decisões em conjunto, se ajudam e, às vezes, auxiliam até em alguns problemas pessoais. Mas o tempo passa, você se dedica, naturalmente busca mais conhecimento e quer crescer e, de repente, a tão sonhada promoção chega. Parabéns! Você acaba de ser promovido a líder!

Promovido a Líder - Aline Dotta

E num passe de mágica, o que antes era um sonho começa a se tornar um pesadelo. E agora? O que fazer? Como comandar as pessoas que até então eram colegas e agora são meus subordinados?

Pois é, as coisas não são tão fáceis como parecem ser. Provavelmente, a essa altura já deve ter passado pela sua cabeça que liderar qualquer time já é um desafio, mas e liderar um time de colegas? Mais desafiador ainda, não é mesmo?

Mas tenha calma! Casos como este são muito comuns em qualquer tipo de organização. E a principal coisa a fazer, antes de tomar qualquer decisão e comunicar aos colegas, é refletir sobre o que vem a seguir.

Você, como parte do time, já conhece as pessoas e já tem suas percepções e opiniões concretas sobre cada uma das pessoas que a partir de agora são seus subordinados. Mas lembre-se que a recíproca é verdadeira: eles também tem percepções e opiniões a seu respeito. Ali estão pessoas que talvez tenham mais experiência que você, mais anos de casa, outros que podem achar que mereciam mais essa promoção. Ali também estão pessoas com as quais você tinha um bom relacionamento e outras nem tanto. Pode ser até que tenha uma amizade construída há muito tempo.

Tenha em mente que ser líder implica em tomar decisões, e saber que essas decisões podem ou não agradar a todos. A partir de agora você precisará responsabilizar pessoas por um erro cometido ou promover alguém por merecimento.

Esse novo “título” vem carregado de influência, poder e expectativas tanto para você como para os seus colegas. Essa mudança irá transformar a forma como vocês se relacionam, trazer novos ares ao ambiente de trabalho, e até mesmo algumas dores antes despercebidas. Por tudo isso, essa situação precisa ser conduzida com cinco fatores que vão fazer toda a diferença nesse momento:

Integridade

Tenha uma conduta reta, honrada e ética. Seja educado e justo com as pessoas e com os acontecimentos. Não passe por cima de ninguém, respeite os anseios da equipe e entenda claramente quais são as expectativas de cada um.

Clareza

Seja franco com você e com a equipe. Organize todas as ideias que surgiram neste período, monte um plano de ação e estabeleça regras básicas, tanto de convivência quanto das novas práticas de trabalho. Esses passos lhe ajudarão a realizar uma transição mais segura, além de demonstrar para os membros da sua equipe que as mudanças são fundamentadas e que é essencial o apoio e a participação de todos.

Equilíbrio

Não minimize sua autoridade por ter feito parte do time, mas também não pegue pesado demais. Antes da euforia por ter sido promovido, lembre-se das novas responsabilidades e desafios que surgirão. Aceite sua autoridade e use-a com responsabilidade.

Humildade

Se tem algo que vai fazer toda a diferença em um período como este, é uma atitude humana, perante a todos. Seja humilde, respeitoso e agende uma reunião com todos, deixando claro que o quanto você se sente honrado por ter sido escolhido para liderar este time. Assuma com eles a responsabilidade de fazer o seu melhor e dedique-se para conseguir o mesmo de cada um. Depois faça reuniões individuais para alinhar expectativas e traçar um panorama.

Propósito

Um líder não se faz sozinho! Você, como condutor de um processo, passa a ser fundamental para o desenvolvimento, evolução e crescimento de todos os participantes. Assume agora uma grande responsabilidade em dedicar-se para que isso realmente aconteça. Aproveite essa oportunidade e descubra seu propósito como líder: qual a marca que quer deixar na vida dessas pessoas? Qual será sua grande contribuição? Como você participa do desenvolvimento deles e como o sucesso do seu time contribuirá para a sua trajetória profissional?

 

Quando você assume ser líder pode escolher entre se comportar de maneira que faça a equipe se perguntar porque eles não foram escolhidos, ou pode escolher fazer um trabalho tão bom que ninguém jamais fará esta pergunta.

Ah, e não esqueça o mais importante! Por mais difícil que pareça, você vai conseguir!

Aline-Dotta---Assinatura

COMPARTILHE:
você tambêm poderá gostar de:
depoimentos-bg
Bianco Santana
30 julho 2019

Valeu a pena porque eu estava em um ponto que não conseguia ir...

depoimentos-bg
Denise Pinto
30 julho 2019

Recomendo o trabalho da Aline porque mantém-se atualizada,...

depoimentos-bg
Carlos Vaccaro
30 julho 2019

Em 2009 passava por momentos muito difíceis, tanto particulares como...

faça um comentário
voltar